terça-feira, novembro 27, 2007

Justiça à espanhola: llega quando llega... pero llega!


Operação policial a quatro clínicas de abortos em Barcelona levou à detenção de, pelo menos, quatro pessoas

A justiça espanhola está a investigar a existência de casos de prática reiterada de interrupções voluntárias da gravidez fora do previsto por lei, em Espanha. Uma operação policial a várias clínicas de abortos, em Barcelona, culminou ontem na detenção de, pelo menos, quatro pessoas.


A Guardia Civil procedeu a rusgas em quatro clínicas da capital da Catalunha. A investigação teve por base várias denúncias.

Em Espanha, a prática do aborto só é permitida em caso de malformações do feto, violação ou quando está em causa a saúde da mãe, sempre que esta alegue problemas físicos ou psíquicos.

A operação policial baseou-se numa decisão de um juiz de instrução de Barcelona. As autoridades judiciais salientam que não actuaram tendo por base qualquer ideologia mas sim no respeito pela justiça espanhola.

Fonte: SIC

1 comentário:

Curiosa disse...

Desvio-me do tema do post, mas gostaria informar sobre a

PETIÇÃO EM PROL DAS CRIANÇAS VÍTIMAS DE CRIMES SEXUAIS

Para estabelecimento de medidas sociais, administrativas, legais e judiciais, que realizem o dever de protecção do Estado em relação às crianças confiadas à guarda de instituições, assim como as que assegurem o respeito pelas necessidades especiais da criança vítima de crimes sexuais, testemunha em processo penal.

ASSINE e DIVULGE

COPIE O TEXTO DA PETIÇÃO E PUBLIQUE NO SEU BLOGUE E/OU ENVIE AOS SEUS CONTACTOS – ao divulgar já está a ajudar.

http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html

Bem-hajam.